·

Quando empregados e empresas podem resolver questões trabalhistas sem recorrerem à justiça?

Quando empregados e empresas podem resolver questões trabalhistas sem recorrerem à justiça?

 

Regra da Previdência que complementa a CLT estabelece novo limite para 2022

 

Com a Reforma Trabalhista de 2017, a CLT trouxe a possibilidade de empregados e empresas resolverem questões sem terem que, necessariamente, recorrer à justiça.

 

Por iniciativa do empregado, ou com sua concordância, trabalhador e empresa podem firmar um compromisso no contrato de trabalho de adorarem meios alternativos de resolução de conflitos, como a arbitragem.

 

Antes, isso era possível apenas para tratar de questões coletivas, com o intermédio de sindicatos, por exemplo.

 

Mas existem regras para que essa alternativa seja utilizada.

 

Entre elas, está a exigência da remuneração do empregado ser superior ao dobro do teto dos benefícios pagos pelo regime geral da Previdência Social (INSS), cujo maior valor estabelecido pelo Governo Federal para 2022 é de R$ 7.087,22.

 

Ou seja, o empregado deve ganhar mais que R$ 14.174,44 por mês. Caso contrário, abaixo deste limite, a Justiça do Trabalho ainda será o único caminho.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos Relacionados

Conheça um pouco mais do nosso trabalho no Instagram.

Join our newsletter and get 20% discount
Promotion nulla vitae elit libero a pharetra augue
Abrir WhatsApp
Precisa de ajuda?
Olá, possui alguma dúvida? Fale conosco agora clicando aqui.